Aulas virtuais no Ensino Superior abrangem 70% dos estudantes no país

Postado por:

O Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional informou há dias – na abertura de uma reunião para divulgação dos resultados do inquérito sobre e-learning em tempos da Covid-19, em Maputo –  que as aulas ministradas através de plataformas virtuiais, adoptadas para fazer face à interrupção do ensino presencial devido à eclosão da pandemia no país, abrangem actualmente cerca de 70% dos 230 mil estudantes universitários.

Levado a cabo pelo Conselho Nacional de Avaliação da Qualidade de Ensino Superior (CNAQ), o inquérito avaliou 352 cursos dos cerca de 900 oferecidos pelas instituições do ensino superior do país, visando fazer uma análise preliminar sobre o potencial de qualidade do e-learning.

Na ocasião, o ministro referiu que os estudantes contemplados são assistidos por cerca de 80% dos 14 mil professores, salientando que a expectativa é garantir que não haja exclusão, já que o e-learning é uma alternativa encontrada para garantir a continuidade dos cursos.

(Jornal Notícias, de 06 de Junho. Pag:14)

0

Deixar uma resposta