“Moçambique precipitou-se ao declarar Estado de Emergência”

Postado por:

Numa radiografia do impacto socioeconómico dos primeiros três meses de Estado de Emergência no país, num contexto em que os casos positivos da Covid-19 tendem a aumentar a cada dia, analistas consideram que a decisão do decreto do estado de emergência foi precipitada.

Os analistas faziam a radiografia durante o programa “Manhã Informativa” desta terça-feira (09 de Junho).

Para o gestor empresarial, Pedro Langa, o Governo precipitou-se ao avançar com estas medidas – restrições no comércio e suspensão de aulas – que criaram pânico nas empresas, e defende que a declaração do estado de emergência ocorreu numa altura não oportuna. Já o economista Michel Sambo destaca o encerramento de empresas e despedimentos de trabalhadores.

Disponível em http://opais.sapo.mz/covid19-mocambique-precipitouse-ao-declarar-estado-de-emergencia

consultado em 9 de Junho (18h41)

0

Deixar uma resposta