Mais de 1.100 famílias carenciadas identificadas em todo o país recebem produtos alimentares disponibilizados pela Cruz Vermelha de Moçambique para mitigar os efeitos da Covid-19

Postado por:

A informação foi avançada este Sábado (13 de Junho) em Quelimane pelo presidente da Cruz Vermelha de Moçambique em entrevista à reportagem da Rádio Moçambique.

A triagem dos beneficiários foi feita em função do nível socioeconómico de cada agregado familiar, principalmente neste momento em que o país observa o estado de emergência para prevenção da pandemia causada pelo novo Coronavírus.

Avelino Mondlane afirmou que a sua organização humanitária mobilizou dos parceiros cerca de 60 mil dólares que equivalem a 4 milhões de meticais para implementar a iniciativa e destacou ainda o nível de envolvimento de mais de 1300 voluntários treinados para a promoção de medidas preventivas ao novo Coronavírus em todo país.

(Rádio Moçambique: 12h42)

0

Deixar uma resposta