Transportadores defendem subsídio para combustível de modo a mitigar o impacto da Covid-19

Postado por:

Durante uma conferência de imprensa para partilha de informações sobre o impacto da Covid-19 nas empresas, o vice-presidente do pelouro de transportes na Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), Faruque Assabuje, avançou que operadores do sector de transportes no país defendem uma redução do preço de combustível, em 15 meticais por litro, ou a introdução de uma linha de subsídios para a aquisição do produto, com vista a fazerem face aos impactos do novo Coronavírus.

O sector clama igualmente pela introdução de uma linha de subsídio para as empresas que tiveram de suspender as suas actividades por conta da crise gerada pela pandemia da Covid-19. Refira-se que, no geral, o sector de transportes registou perdas de cersa de 83% nos últimos três meses, o que representa prejuízos que ascendem os 7.594 milhões de meticais e cerca de 1.200 postos de emprego suspeitos.

(Jornal Notícias, de 15 de Junho. Pág:1)

0

Deixar uma resposta