COMO EVITAR PERDA DE DOCUMENTOS NAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS EM CASOS DE DESASTRES NATURAIS?: O EXEMPLO DO CICLONE IDAI

Postado por:

O presente artigo vem reflectir acerca da perda de documentos nas instituições públicas em casos de desastres naturais, tomando como exemplo o Ciclone Idai. Com recurso à técnica de revisão bibliográfica, bem como à entrevista à especialistas em matéria de informática, os autores defendem que o uso das TIC´s, através dos Repositórios Institucionais e o Governo Electrónico enquanto meios de armazenamento e disponibilização de informação pela internet, independentemente do tempo e espaço, sejam de carácter urgente e relevante. Para o contexto de um país como Moçambique, que tem sido frequentemente afectado por desastres naturais e que resultam em inúmeras perdas humanas, animais, materiais e principalmente de documentos nas instituições públicas, o investimento tecnológico irá portanto, permitir maior preservação digital e gestão electrónica de documentos.

Autores: Cremildo António Cau  & Amito das Lágrimas Alberto Muvale

Vide o artigo abaixo

Desastres naturais e perda de documentos

0

Deixar uma resposta