Violadores do estado de emergência aguardam julgamento em liberdade na Beira

Postado por:

Catorze jovens detidos por terem sido surpreendidos num estabelecimento hoteleiro em uma festa, na cidade da Beira, foram restituídos à liberdade, devido à superlotação das celas onde se encontravam.

“Não tendo sido observado o procedimento previsto para processos sumários, não havia como manter os indivíduos presos”, explicou o porta-voz da Procuradoria da República em Sofala, Joaquim Tomo.

O grupo era composto por 10 raparigas e 4 rapazes de idades entre 20-27 anos, que foram surpreendidos devido a uma denúncia, segundo explicou o chefe do gabinete de imprensa do Comando Provincial da PRM) em Sofala, Daniel Macuácua.

(Jornal Notícias, de 22 de Junho. Pág:5)

0

Deixar uma resposta