A assinatura electrónica como um instrumento de consolidação da eficiência e eficácia na entrega de serviços e de reforço à unidade nacional: Lições do Chile para o processo de descentralização em Moçambique

Postado por:

Este paper tem como objectivo reflectir a cerca da implementação da assinatura electrónica em Moçambique tendo como referência o caso da República do Chile que conta com a implementação e uso da assinatura electrónica desde o ano de 2002. O principal argumento defendido pelo autor é de que a implementação e uso da assinatura electrónica em Moçambique consolidaria a eficiência e eficácia na entrega de serviços até o nível mais baixo da administração e não só, mas também, reduziria a corrupção, aumentaria a alfabetização tecnológica e reduziria as barreiras colocadas pela distância. Desta forma, a mais abrangente presença do Estado ao cidadão e, a crescente ligação institucional entre ambos, reforçaria a unidade nacional.

vide o paper abaixo

Unidade-Identificacao-descentr-CACau

0

Deixar uma resposta